It is the cache of http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/semagrarias/article/view/2219. It is a snapshot of the page. The current page could have changed in the meantime.
Tip: To quickly find your search term on this page, press Ctrl+F or ⌘-F (Mac) and use the find bar.

Flutuação populacional do psilídeo-da-goiabeira, Triozoida limbata (Hemiptera: Psyllidae) na região de Londrina, Pr | Dalberto | Semina: Ciências Agrárias

Flutuação populacional do psilídeo-da-goiabeira, Triozoida limbata (Hemiptera: Psyllidae) na região de Londrina, Pr

Fernanda Maura Sassiotti Dalberto, Ayres de O. Menezes Junior, Homero Christoval Simões, Norton Polo Benito, Juliana Pitwak

Resumo


Os psilídeos são insetos sugadores de seiva, muito específicos com relação ao hospedeiro e alimentação, ocorrendo principalmente em brotações, sendo considerados uma importante praga de goiabeira. Altas populações podem tornar-se nocivas, pois provocam depauperamento das plantas pela ação tóxica da saliva injetada durante sua alimentação. O objetivo deste trabalho foi conhecer a flutuação populacional do psilídeo Triozoida limbata em goiabeiras na região de Londrina, Paraná. Em áreas de ocorrência natural de plantas de goiaba foi realizado o monitoramento da população de adultos utilizando-se 10 armadilhas adesivas amarelas, colocadas uma por planta, distanciadas cerca de 30 metros entre si. As coletas foram realizadas mensalmente de março de 2002 a maio de 2003. Populações de T. limbata ocorreram durante todos os meses do ano, com pico em outubro. Temperaturas médias e máximas apresentaram correlação significativa com a população do psilídeos, afetando-a positivamente. Períodos com alta pluviosidade ou baixas temperaturas não foram limitantes, mas causaram redução na população.


Palavras-chave


Psidium guajava; Praga; Dinâmica populacional; Condições climáticas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2004v25n2p87

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Semina: Ciências Agrárias

Londrina - PR
ISSN 1676-546X

E-ISSN 1679-0359

semina.agrarias@uel.br