It is the cache of http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/semagrarias/article/view/5295. It is a snapshot of the page. The current page could have changed in the meantime.
Tip: To quickly find your search term on this page, press Ctrl+F or ⌘-F (Mac) and use the find bar.

Novos compostos de milho-pipoca para o Brasil | Scapim | Semina: Ciências Agrárias

Novos compostos de milho-pipoca para o Brasil

Carlos Alberto Scapim, Antônio Teixeira do Amaral Júnior, Rafael Augusto Vieira, Lia Mara Moterle, Leandra Regina Teixeira, Joselaine Viganó, Gilberto Barbosa Sandoval Júnior

Resumo


Apesar dos avanços, o número de variedades e híbridos comerciais de linhagens de milho-pipoca é reduzido. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar novos compostos desenvolvidos no Brasil e indicar os de maior potencial genético para iniciar um trabalho de melhoramento intrapopulacional. A pesquisa foi desenvolvida no ano agrícola 2005/2006. Os tratamentos constaram de 21 genótipos (híbridos de linhagens, compostos e sintéticos) cultivados em dois municípios, Umuarama e Cidade Gaúcha, ambos no Noroeste do Estado do Paraná. As características avaliadas por meio de análises de variância individuais e conjunta foram rendimento de grãos (RG) e capacidade de expansão (CE). Os compostos UEM 5, UEM 6 e UEM 7 expressaram alta qualidade da pipoca (CE), com valores semelhantes às testemunhas em ambos os locais. O rendimento dos genótipos foi mais instável do que a capacidade de expansão entre os locais avaliados. Os compostos UEM 5, UEM 6 e UEM 7 revelaram potencial satisfatório tanto para CE quanto para RG quando avaliados em Umuarama, PR.


Palavras-chave


Zea mays; Rendimento de grãos; Capacidade de expansão

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2010v31n2p321

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Semina: Ciências Agrárias

Londrina - PR
ISSN 1676-546X

E-ISSN 1679-0359

semina.agrarias@uel.br