It is the cache of http://www.revistas.usp.br/rege/article/view/36674. It is a snapshot of the page. The current page could have changed in the meantime.
Tip: To quickly find your search term on this page, press Ctrl+F or ⌘-F (Mac) and use the find bar.

A relevância do ser humano no contexto de institucionalização e legitimação do paradigma da sustentabilidade | Munck | REGE Revista de Gestão
Portal da USP Portal da USP Portal da USP

A relevância do ser humano no contexto de institucionalização e legitimação do paradigma da sustentabilidade

Luciano Munck, Rafael Borim de Souza

Resumo


O artigo objetivou evidenciar a relevância do ser humano no contexto de institucionalização e legitimação do paradigma da sustentabilidade. A pesquisa foi desenvolvida segundo uma metodologia qualitativa, explicativa e bibliográfica. Foi realizado um levantamento teórico-metodológico sobre temas que suportam a problemática apresentada. O ser humano, como personagem ciente de seus deveres cívicos e ordenado por uma responsabilidade social e ética, passa a não aceitar o ambiente real e inicia um movimento legitimador de um paradigma baseado em fatores sociais e ambientais que venha a garantir a continuidade existencial do homem em termos fisiológicos, sociais e intelectuais. Este paradigma emerge de uma modificação estrutural da sociedade, ocorrida pela exigência de transformações institucionais em toda a hierarquia social existente. O paradigma sustentável, em parte institucionalizado pelo capital social, é legitimado por atores sociais identificados como homens sociais organizacionais, que priorizam o bem-estar coletivo e valorizam uma boa relação comunitária para o desenvolvimento responsável dos ambientes sociais, organizacionais e institucionais.

Palavras-chave


O Ser Humano;Institucionalização;Sustentabilidade

Texto completo:

PDF

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.