It is the cache of http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/semagrarias/article/view/2316. It is a snapshot of the page. The current page could have changed in the meantime.
Tip: To quickly find your search term on this page, press Ctrl+F or ⌘-F (Mac) and use the find bar.

Degradabilidade ruminal “in situ” da matéria seca, matéria orgânica e proteína bruta de alguns suplementos concentrados usados na alimentação de bovinos | Beran | Semina: Ciências Agrárias

Degradabilidade ruminal “in situ” da matéria seca, matéria orgânica e proteína bruta de alguns suplementos concentrados usados na alimentação de bovinos

Fernando Henrique Brussi Beran, Leandro das Dores Ferreira da Silva, Edson Luis de Azambuja Ribeiro, Valdecir de Souza Castro, Romulo Alexandre Correa, Ênio Ossamu Kagueyama, Marco Antônio da Rocha

Resumo


Foram utilizados quatro bovinos da raça holandesa, machos castrados, fistulados no rúmen, pesando em média 650kg, mantidos em pastejo e recebendo mistura mineral “ad libtum”. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a degradação ruminal “in situ” da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e matéria orgânica (MO) de 12 alimentos concentrados: grão de girassol integral (GI), grão de girassol parcialmente desengordurado (GD), farelo de girassol (FG), torta de girassol com uma passagem pela prensa (T 1x), torta de girassol com duas passagens pela prensa (T 2x), para retirada do óleo, grão de soja comercial (SI), grão de soja comercial parcialmente desengordurado (SD), farelo de soja (FS), caroço de algodão (CA), farelo de algodão (FA), gérmen de milho desengordurado (GM) e um concentrado comercial com 36% de PB (CC). Os alimentos foram moídos em moinhos dotados com peneira com crivos de 2 mm de diâmetro. Foram incubados 5 g de MS de cada um dos alimentos citados em sacos de náilon com poros de diâmetro de 50 micras, medindo 14 x 7 cm, para os tempos de 12; 20; e 33 h de fermentação ruminal. As degradabilidades efetivas (DE) da PB a uma taxa de passagem de 5%/h variaram de 62,08 a 95,93% para CC e TG2, e a MO de 85,28 a 48,17% para FS e CA. O CC e o GM apresentaram as menores DE da PB, porém somente o CC teria maiores escapes de proteína para ser digerida nos intestinos, pois o GM apresenta pouca PB em sua constituição.


Palavras-chave


Caroço de algodão; Farelo de algodão; Farelo de girassol; Farelo de soja; Soja integral; Torta de girassol.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2005v26n3p405

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Semina: Ciências Agrárias

Londrina - PR
ISSN 1676-546X

E-ISSN 1679-0359

semina.agrarias@uel.br