It is the cache of http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/440. It is a snapshot of the page. The current page could have changed in the meantime.
Tip: To quickly find your search term on this page, press Ctrl+F or ⌘-F (Mac) and use the find bar.

Dos interesses weberianos dos sociólogos da religião: um olhar perspectivo sobre as interpretações do pentecostalismo no Brasil | Júnior | HORIZONTE

Dos interesses weberianos dos sociólogos da religião: um olhar perspectivo sobre as interpretações do pentecostalismo no Brasil

Paulo Gracino Júnior

Resumo


Resumo

 

O objetivo central deste texto é mapear a influência da sociologia weberiana na produção intelectual sobre o fenômeno religioso no Brasil. Mais especificamente, buscaremos compreender de que forma a prédica weberiana que estabelece a "afinidade" do protestantismo pietista com o "desencantamento" das imagens religiosas do mundo e a modernidade capitalista foi apropriada pela Sociologia da Religião, na tentativa de compreender o crescimento do pentecostalismo no Brasil. Assim, rastrearemos a produção sociológica, buscando estabelecer um paralelo entre as representações da sociedade e da cultura brasileiras presentes na forma como os pesquisadores recortam e analisam o fenômeno pentecostal. Concentraremos nossas atenções nos trabalhos que seguem a linha teórica traçada por Cândido Procópio de Camargo, que podemos expressar esquematicamente da seguinte forma: conversão, ruptura com o passado tradicional (aqui representada pela pertença impensada a uma religião - catolicismo), desencantamento das crenças, que levaria à individuação e à ação racional e, finalmente, a modernização da sociedade brasileira. Vemos, portanto, que a reflexão procopiana e a de seus seguidores insere-se em um quadro intelectual mais amplo, que remonta à década de 1930, preocupado com as razões do atraso brasileiro e suas possibilidades de superação.

 

Palavras-chave: Max Weber; Pentecostalismo; Desencantamento; Secularização; Modernização.

 

Abstract

 

The main purpose of this text is to map the influence of Weberian sociology on the intellectual production of the religious phenomenon in Brazil. Specifically, it endeavors to understand how the Weberian proposition, which establishes the "affinity" of pietist Protestantism with the "disenchantment" of religious images in the capitalist world and modernity, was appropriated by the Sociology of Religion in an attempt to understand the growth of Pentecostalism in Brazil. Thus, we review the sociological production, seeking to establish a parallel between representations of Brazilian society and culture evident in the way researchers consider and analyze the Pentecostal phenomenon. We focus our attention on the works that follow Cândido Procópio de Camargo's theory, which can be expressed schematically as: conversion, breaking with the traditional past (represented here by belonging thoughtlessly to a religion - Catholicism); disenchantment of beliefs, which would lead to individuation and rational action; and, finally, the modernization of Brazilian society. The conclusion points out that Camargo's thought and that of his followers are inserted into a broader intellectual framework, which dates back to the 1930s and is concerned with the reasons behind Brazilian underdevelopment and the chances of overcoming it.

 

Key words: Max Weber; Pentecostalism; Disenchantment; Secularization; Modernization.


Palavras-chave


Max Weber; Pentecostalismo; Desencantamento; Secularização; Modernização

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported

Redes Sociais:

 

 

Filiada:                                         Apoio:

Logotipo do IBICT

 

 

Indexadores e Repositórios/Banco de dados:


Latindex Sumários de Revistas   Brasileiras



Presença em algumas bibliotecas no exterior: